Tuesday, January 26, 2021

Bolsonaro ataca jornalista que chamo de Louco

Must read

Depois de uma semana em que se envolveu, mais uma vez, em polêmicaspor meio de declarações que batem de frente com o que diz a ciência, o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) amanheceu neste sábado (12/12) em situação, no mínimo, pouco confortável nas redes sociais. 

A hastag #genocida está entre os cinco assuntos mais comentados do Twitter e relacionado ao presidente, com repercussões de suas declarações e políticas de governo para enfrentar a pandemia do coronavírus, que já matou mais de 180 mil brasileiros.

“Golpe”

Bolsonaro sentiu o ”golpe” e contra-atacou na rede social, usando a jornalista Mariliz Pereira Jorge, que publicou artigo na Folha de S.Paulo, chamando o presidente de genocida tendo em vista a falta ainda de um plano nacional para vacinação da população.


De forma lacônica, Bolsonaro emite duas frases como resposta: “Acuse-o do que você faz, … – Chame-o do que você é”, e retuítou o artigo em questão.

No post, o presidente retuitou também mensagem da jornalista em que ela comemora o avanço da legalização do aborto na Argentina.

- Advertisement -

More articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Latest article